DITOS E ESCRITOS SOBRE OS ESTUDOS AMAZÔNICOS, NO ENSINO BÁSICO, DO ESTADO DO PARÁ.

Autores

  • Tiese Teixeira Júnior UFPA / UNIFESSPA

Palavras-chave:

Educação, Estudos Amazônicos, Interdisciplinaridade

Resumo

Este artigo analisa discursos escritos e falados, acerca da disciplina escolar da rede pública do ensino básico, do Estado do Pará, chamada de “Estudos Amazônicos”. Componente curricular obrigatório do 6º ao 9º ano, do ensino fundamental, e do 2º ano, do ensino médio da rede pública de ensino, que busca cumprir os dispositivos legais da Lei de Diretrizes e Bases da Educação 9.394/96 (LDB), em seu Art. 26, no tocante aos estudos regionais. No aspecto metodológico foi feita uma revisão de literatura sobre o tema, e também, uma pesquisa de campo, em que foram entrevistados professores e professoras que trabalham com esta área de conhecimento, com uso da História oral, Alberti (2007) e também Análise do Discurso, Foucault (1996). Constatou-se que a disciplina oferta aulas, em sua maioria, de História Regional e faz uma leitura disciplinar da região Amazônica, e que também, há uma ausência de material pedagógico, como livros didáticos, e cursos de formação continuada para os professores da área.

Biografia do Autor

Tiese Teixeira Júnior, UFPA / UNIFESSPA

Doutorando em Ciência Socioambiental, pelo Núcleo de Altos Estudos Amazônicos, da Universidade Federal do Pará. Bolsista Capes / Pró Amazônia. Membro do Grupo de Estudos e Pesquisa sobre Mudança Social no Sudeste Paraense / GEPEMSSP, da Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará, UNIFESSPA.

E-mail: tiesejr@gmail.com

Publicado

2022-01-14

Como Citar

TEIXEIRA JÚNIOR, T. . DITOS E ESCRITOS SOBRE OS ESTUDOS AMAZÔNICOS, NO ENSINO BÁSICO, DO ESTADO DO PARÁ. Revista de História Bilros: História(s), Sociedade(s) e Cultura(s), [S. l.], v. 4, n. 07, 2022. Disponível em: https://revistas.uece.br/index.php/bilros/article/view/7642. Acesso em: 23 maio. 2022.