A CULTURA POLÍTICA DE JOÃO BRÍGIDO DOS SANTOS

POLÍTICA, MAÇONARIA E IMPRENSA (1859 – 1919)

Autores

  • Renato de Mesquita Rios DÍCTIS/UECE/INTA

Palavras-chave:

João Brígido, Cultura Política, Imprensa

Resumo

Nesse trabalho, buscamos analisar a construção de uma Cultura Política em João Brígido a partir de alguns locais de pertencimento em que este intelectual se mostrava atuante, durante a segunda metade do séc. XIX e as primeiras décadas do século XX. Para tanto, pontuamos rapidamente três momentos oportunos de atuação de João Brígido: o meio político e o caráter mais amplo que esse conceito pode suscitar; a maçonaria, como espaço de discussão da produção de conhecimento e de luta contra os inimigos deste intelectual, principalmente, ligados à Igreja Católica; e a imprensa, principal espaço de atuação e articulação de Brígido.

Biografia do Autor

Renato de Mesquita Rios, DÍCTIS/UECE/INTA

Mestre em História e Culturas pelo Programa de Pós-Graduação Mestrado Acadêmico em História e Culturas (MAHIS/UECE), com bolsa da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) e orientado pela Profa Dra Lucili Grangeiro Cortez. Pesquisador do Laboratório de Estudos e Pesquisas em História e Culturas (DÍCTIS/UECE). Professor Efetivo dos Cursos de História, Pedagogia e Serviço Social das Faculdades INTA, Sobral – CE.

Publicado

2022-01-08

Como Citar

RIOS, R. de M. A CULTURA POLÍTICA DE JOÃO BRÍGIDO DOS SANTOS: POLÍTICA, MAÇONARIA E IMPRENSA (1859 – 1919). Revista de História Bilros: História(s), Sociedade(s) e Cultura(s), [S. l.], v. 2, n. 03, 2022. Disponível em: https://revistas.uece.br/index.php/bilros/article/view/7579. Acesso em: 9 ago. 2022.

Edição

Seção

ARTIGOS