Afeto:

Variação contínua da potência de agir

Autores

  • Jocilene Matias Universidade Estadual do Ceará

Palavras-chave:

Spinoza, Afetos, Potência

Resumo

Benedictus de Spinoza (1632-1677), filósofo holandês, rompe com a tradição ao definir os afetos como “as afecções do corpo, pelas quais sua potência de agir é aumentada ou diminuída, estimulada ou refreada, e, ao mesmo tempo, as ideias dessas afecções” (EIIIDef3). A partir dessa definição compreendemos que os afetos constituem a natureza humana, pensados não somente em termos de paixão, mas também de ação, ou seja, podemos ter afetos passivos e ativos. Os afetos passivos são as paixões: quando não conhecemos as causas de nossos afetos, os afetos ativos são as ações.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

CHAUÍ, Marilena de Souza. Desejo, paixão e ação na Ética de Espinosa. São Paulo: Compainha das letras, 2011.

DELEUZE, Gilles. Cursos sobre Spinoza (Vincennes, 1978-1981). 2. ed. Tradução Emanuel Ângelo da Rocha Fragoso et al. Fortaleza: EDUECE, 2009: Título original: Les Cours Deleuzesur Spinoza – Version Espagnole.

DELEUZE, Gilles. Espinoza e o problema da expressão. Tradução de GT Deleuze – 12; coordenação de Luiz B. L. Orlandi. São Paulo: Editora 34, 2017: Título original:Spinoza et le problème de l’expression.

ESPINOSA, Baruch de. Breve tratado de Deus, do homem e do seu bem-estar. Traduções e notas Emanuel Ângelo da Rocha Fragoso, Luís César Guimarães Olivia. Belo Horizonte: Autêntica Editora, 2012: Título original:Korte Verhandeling van God, de Mensch en deszelfs Welstand.

FRAGOSO, Emanuel Â. da Rocha. A concepção de natureza humana em Benedictus de Spinoza. Cadernos Espinosanos XXI, n.21 São Paulo, 2009.

JAQUET, Chantal. A unidade do corpo e da mente: afetos, ações e paixões em Espinosa. Tradução Marcos Ferreira de Paula e Luís César Guimarães Oliva: Belo Horizonte: Autêntica, 2011.

RODRIGUES, J. Lopes. Identidade entre ideia e volição na ética de Espinosa. Cadernos Espinosanos, São Paulo, n.31, p.89-116, jul-dez 2014.

SPINOZA. Benedictus de. Ética. Tradução e notas de Tomaz Tadeu. 3.ed. 1. reimp. Belo Horizonte: Autêntica Editora, 2013.

Downloads

Publicado

2022-01-15

Como Citar

MATIAS, J. Afeto: : Variação contínua da potência de agir. Polymatheia - Revista de Filosofia, [S. l.], v. 14, n. 25, 2022. Disponível em: https://revistas.uece.br/index.php/revistapolymatheia/article/view/7447. Acesso em: 22 maio. 2022.

Edição

Seção

Artigos