Crítica da raça e crítica do capitalismo em Achille Mbembe

Autores

  • Elielvir Nascimento IFCE
  • Adauto Lopes Universidade Federal do Ceará

Palavras-chave:

Filosofia Crítica da Raça, Razão negra, Racismo, Antirracismo, Anticapitalismo

Resumo

Neste texto, abordo a relação entre racismo e capitalismo. Utilizo o ensaio Crítica da Razão Negra, do filósofo Achille Mbembe, buscando estabelecer diálogo com pensadoras e pensadores brasileiros. Dessa maneira, pretendo delinear os contornos de uma genealogia crítica da raça, ressaltando as relações de constituição mútua entre racismo e capitalismo. Num primeiro momento, situo o campo da filosofia crítica da raça. Num segundo momento, retomo a definição da raça como tecnologia política. Em seguida, apresento a gênese do negro enquanto sujeito racializado. Por fim, analiso o conceito de razão negra ressaltando os aspectos antirracistas e anticapitalistas que lhe são inerentes. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ALCOFF, Linda. Critical philosophy of race. In: Stanford Encyclopedia of Philosophy. Disponível em: <https://plato.stanford.edu/entries/critical-phil-race/>. Acesso em: 22 nov. 2023.

ALEXANDER, Michelle. A nova segregação: racismo e encarceramento em massa. Trad. Pedro Davoglio. São Paulo: Boitempo, 2017.

ALMEIDA, Silvio Luiz de. Racismo Estrutural. São Paulo: Sueli Carneiro; Pólen, 2019.

ANDERSON, Kevin B. Marx nas margens: nacionalismo, etnia e sociedades não ocidentais. Trad. Allan Hillani e Pedro Davoglio. São Paulo: Boitempo, 2019.

BESSONE. Magali. Qu’est-ce que la critique dans la philosophie critique de la race? In: Astérion. Disponível em: < http://journals.openedition.org/asterion/8689 >. Acesso em: 06 dez. 2023.

BISPO, Antônio. Colonização, quilombos, modos e significados. Brasília: Universidade de

Brasília, 2023a.

BISPO, Antônio. A terra das, a terra quer. São Paulo: Ubu editora, 2023.

CARNEIRO, Sueli. Dispositivo de Racialidade: a construção do outro como não-ser como fundamento do ser. 1. ed. Rio de Janeiro: Zahar, 2023.

CASTRO, Edgardo. Vocabulário de Foucault: um percurso pelos seus temas, conceitos e

autores. 2 ed. Trad. Ingrid Müller Xavier. Belo Horizonte: Autêntica, 2016.

CÉSAIRE, Aimé. Discurso sobre o colonialismo. Trad. Cláudio Willer. Ilustração de Marcelo D’Salete. São Paulo: Veneta, 2020.

DELASALLE, Simone; VALENSI, Lucette. Le mot « nègre » dans les dictionnaires français d'Ancien régime; histoire et lexicographie. In: Langue française, n°15, 1972. Langage et histoire. p. 79-104. Disponível em: <https://www.persee.fr/doc/lfr_0023-8368_1972_num_15_1_5612> Acesso em: 13 jun. 2023

DUBOIS, W. E. B. As almas do povo negro. Trad. Alexandre Boid. Ilustração de Luciano Feijó. Prefácio de Silvio Luiz de Almeida. São Paulo: Veneta, 2021.

FANON, Frantz. Pele negra, máscaras brancas. Trad. Renato da Silveira. Salvador: EDUFBA, 2008.

FANON, Frantz. Os condenados da terra. Trad. Ligia Fonseca Ferreira e Regina Salgado Campos. Rio de Janeiro: Zahar, 2022.

FOUCAULT, Michel. Em defesa da sociedade: curso no Collège de France (1975-1976).

Trad. Maria Ermantina Galvão. São Paulo: Martins Fontes, 2010.

HAIDER, Asad. Armadilha da identidade: raça e classe nos dias de hoje. Trad. Leo Vinicius Liberato. São Paulo: Veneta, 2019.

LOPES, Nei. Enciclopédia brasileira da diáspora africana. 4. ed. São Paulo: Selo Negro, 2011.

MARX, Karl. A assim chamada acumulação primitiva. In: O Capital: Livro I: o processo de

produção do capital. Trad. Rubens Enderle. São Paulo: Boitempo, 2013. p. 785-844.

MARX, Karl; ENGELS, Friedrich. A Guerra Civil dos Estados Unidos. Trad. Luis Felipe Osório e Murillo van der Laan. São Paulo: Boitempo, 2022.

MBEMBE, Achille. Critique de la raison nègre. Paris: La Découverte, 2013.

MBEMBE, Achille. Crítica da Razão Negra. Trad. Sebastião Nascimento. São Paulo: n-1

edições, 2018a.

MBEMBE, Achille. Políticas da inimizade. Trad. Sebastião Nascimento. São Paulo: n-1edições, 2020a.

MILLS, Charles. O contrato racial. Trad. Teófilo Reis e Breno Santos. Rio de Janeiro: Zahar, 2023.

MOURA, Clóvis. Dialética Radical do Brasil Negro. 3. ed. São Paulo: Anita Garibaldi, 2020.

MUNANGA, Kabengele. Uma abordagem conceitual das noções de raça, racismo, identidade e etnia.2003. Disponível em: <https://edisciplinas.usp.br/mod/resource/view.php?id=2306942&forceview=1> . Acesso em: 22 out. 2023.

NASCIMENTO, Abdias. O genocídio do negro brasileiro: processo de um racismo

mascarado. 3. ed. São Paulo: Perspectiva, 2016.

OLIVEIRA, Dennis de. Racismo Estrutural: uma perspectiva histórico-crítica. São Paulo: Editora Dandara, 2021.

QUIJANO, Aníbal. Colonialidade do poder e classificação social. In: SANTOS, Boaventura

Sousa; Maria Paula Menezes (orgs.). Epistemologias do Sul. Coimbra: Edições Almedina,

ROBINSON, Cedric James. Marxismo negro: a criação da tradição radical negra. Trad. Fernanda Silva e Souza. São Paulo: Perspectivas, 2023.

RODNEY, Walter. Como a Europa subdesenvolveu a África. Trad. Heci Regina Candiani. São Paulo: Boitempo, 2022.

WILLIAMS, Eric. Capitalismo e Escravidão. 1. ed. Trad. Denise Bottman. São Paulo: Companhia das Letras, 2012.

Downloads

Publicado

2023-12-18

Como Citar

NASCIMENTO, E.; LOPES, A. Crítica da raça e crítica do capitalismo em Achille Mbembe. Polymatheia - Revista de Filosofia, [S. l.], v. 16, n. 3, p. 134–160, 2023. Disponível em: https://revistas.uece.br/index.php/revistapolymatheia/article/view/12172. Acesso em: 23 jul. 2024.

Edição

Seção

Dossiê Raça e Gênero