A Apropriação Revolucionária de Tchernichévski do Conceito Hegeliano de Ideal

Autores

  • Mariana Lins Costa UECE

Palavras-chave:

Tchernichévski, Hegel, ideal, herói, revolucionário

Resumo

O presente ensaio consiste numa introdução à dissertação de mestrado de Nikolai Tchernichévski, A relação estética da arte com a realidade [Эстетические отношения искусства к действительности], com destaque para a sua apropriação, de efeitos revolucionários, do conceito hegeliano de ideal. Para isso, empregar-se-á uma abordagem tanto histórica, quando filosófica. Afinal, muito embora a sua dissertação consista numa refutação teórica à estética desenvolvida por Hegel, trata-se de uma refutação cujo fundamento é, o que após Marx, convencionou-se chamar luta de classes. Na conclusão, apresentar-se-á uma breve e livre reflexão do significado histórico dessa dissertação a partir do próprio conceito de ideal de Hegel.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ANDERSON, N. K. The perverted ideal in Dostoevsky’s “The Devils”. New York: Peter Lang Publishing, 1997.

CARR, E. H., “Introduction”. In: Tchernichévski. What is to be done? Trad. Benjamin R. Tucker, New York: Alfred A. Knopf & Random House, 1961.

DEUTSCHER, Isaac. Heretics and renegades and other essays. London: Hamish and Hamilton,1955, p. 71.

FRANK. Dostoiévski: As sementes da revolta, 1821-1849. Trad. Vera Pereira. São Paulo: Editora da Universidade de São Paulo, 2008.

FRANK. Dostoiévski: Os efeitos da libertação, 1860-1865. Trad. Geraldo Gerson de Souza. São Paulo: Edusp, 2002.

HANS, N. The Russian Tradition in Education. New York: Routledge, 2012.

HEGEL. Cursos de Estética I. Trad. Marco Aurélio Werle. São Paulo: Editora Universidade de São Paulo, 1999.

INWOOD, M. Dicionário Hegel. Rio de Janeiro: Zahar, 1997.

JACKSON, R. L. Dostoevsky’s quest for form: a study in his philosophy of art. New Have and London: Yale University Press, 1966.

LÊNIN. V. Esquerdismo, doença infantil do comunismo. São Paulo: Símbolo, 1978.

MATLAW, R. E. “Introduction”. In: Belinsky, Chernyshevsky, and Dobrolyubov Selected Criticism. Edited by Ralph E. Matlaw. New York: E. P. Dutton & Co., 1962.

SCANLAN, James P. “Nikolaj Chernishevsky and the philosophy of realism in nineteenth-century Russian aesthetics”. Studies in Soviet Thought, vol. 30, pp. 1-14, 1985.

TCHERNICHÉVSKI, N. Selected philosophical essays, 1828-1889. Moscow: Foreign Languages Pub. House, 1953.

VENTURI, F. Roots of revolution: a history of populist and socialist movements in nineteenth century Russia. Introduction of Isaiah Berlin. Trad. Francis Haskell. New York: Alfred A. Knopf, 1960.

WARD, B. W. Dostoevsky’s critique of the West: the quest for the earthly paradise. Waterloo: Wilfrid Laurier Univ. Press, 1986.

Downloads

Publicado

2023-12-18

Como Citar

LINS COSTA, M. A Apropriação Revolucionária de Tchernichévski do Conceito Hegeliano de Ideal. Polymatheia - Revista de Filosofia, [S. l.], v. 16, n. 3, p. 31–52, 2023. Disponível em: https://revistas.uece.br/index.php/revistapolymatheia/article/view/12165. Acesso em: 24 jun. 2024.

Edição

Seção

Dossiê Colóquio Hegel