A Razão na posição de “Lobo em Pele de Cordeiro”

formação (Bildung), dialética e filosofia a partir de Theodor Adorno.

Autores

  • Everton Marcos Grison Universidade Federal do Paraná

Palavras-chave:

Formação, Dialética, Filosofia, Razão.

Resumo

O presente artigo parte de uma investigação inspirada no pensamento de Theodor Adorno, para pensar o conceito de Formação (Bildung), em conexão com sua discussão sobre a filosofia e a dialética negativa. A conexão desses três fatores fornece substrato reflexivo para criticarmos a racionalidade moderna, ao mesmo tempo que buscamos alternativas para o quadro de morticínio, que marcou o século XX e continua a delinear nossas existências na atualidade, principalmente com os resultados de infectados e mortos, em decorrência da pandemia de Covid-19.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Everton Marcos Grison, Universidade Federal do Paraná

Bacharel e Licenciado em Filosofia (UFPR), Especialista em Educação das Relações Étnico-Raciais (UFPR), e em Ensino de Filosofia para o Ensino Médio (UNICENTRO), Mestre em Filosofia (UFPR), Doutorando em Educação (UFPR). Componente do Núcleo de Pesquisas sobre o Ensino de Filosofia (NESEF - UFPR) Professor de Filosofia do Ensino Médio na Escola Seb Dom Bosco e no Colégio Estadual Ivo Leão, em Curitiba, PR. 

Referências

ADORNO, Theodor W. Actualidad en Filosofía. Traducción de José Luiz Arantegui Tamayo. Barcelona: Ediciones Altaya, 1994.

ADORNO, T. Aspectos do Novo Radicalismo de Direita. Tradução de Felipe Catalani. São Paulo: Unesp, 2020.

ADORNO, Theodor W., HORKHEIMER, Max. Dialética do Esclarecimento: fragmentos filosóficos. Tradução de Guido Antonio de Almeida. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1985.

ADORNO, T. Dialética Negativa. Tradução de Marco Antônio Casanova com revisão técnica de Eduardo Soares Neves Silva. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2009.

ADORNO, T. Educação e Emancipação. Tradução de Wolfgang Leo Maar. São Paulo: Paz e Terra, 2011.

ADORNO, T. O que significa elaborar o passado. In: ADORNO, Theodor W. Educação e Emancipação. Tradução de Wolfgang Leo Maar. São Paulo: Paz e Terra, 2011.

ADORNO, T. Glosa sobre Personalidade. In: Palavras e Sinais: modelos críticos 2. Tradução de Maria Helena Ruschel com supervisão de Álvaro Valls. Rio de Janeiro: Vozes, 1995, p. 62-69.

ADORNO, T. Mínima Moralia. Tradução de Gabriel Cohn. Rio de Janeiro: Beco do Azougue, 2008.

ADORNO, T. Observações sobre o Pensamento Filosófico. In: Palavras e Sinais: modelos críticos 2. Tradução de Maria Helena Ruschel com supervisão de Álvaro Valls. Rio de Janeiro: Vozes, 1995, p. 15-25.

ADORNO, T. Observações sobre Política e Neurose. In: ADORNO, Theodor W. Ensaios sobre Psicologia Social e Psicanálise. Tradução de Verlaine Freitas. São Paulo: Unesp, 2015, p. 191-198.

ADORNO, T. Palavras e Sinais: modelos críticos 2. Tradução de Maria Helena Ruschel com supervisão de Álvaro Valls. Rio de Janeiro: Vozes, 1995.

ADORNO, T. Sobre Sujeito e Objeto. In: Palavras e Sinais: modelos críticos 2. Tradução de Maria Helena Ruschel com supervisão de Álvaro Valls. Rio de Janeiro: Vozes, 1995, p. 181-201.

ADORNO, T. Tempo Livre. In: Palavras e Sinais: modelos críticos 2. Tradução de Maria Helena Ruschel com supervisão de Álvaro Valls. Rio de Janeiro: Vozes, 1995, p. 70-82.

ADORNO, T. Teoría de la Seudocultura. Traducción de Jesús Aguirre y Víctor Sánchez de Zavala. In: ADORNO, Theodor W. Filosofia y Supersticion. Traducción de Jesús Aguirre y Víctor Sánchez de Zavala. Madrid: Alianza/Taurus, 1972, p. 141-174.

CATALANI, Felipe. Depois da meia-noite no século: Adorno e as análises do fascismo. In: ADORNO, Theodor W. Aspectos do Novo Radicalismo de Direita. Tradução de Felipe Catalani. São Paulo: Unesp, 2020, p. 11-42.

CROCHÍK, José Leon. A Normalidade do Sofrimento. Oficina Informa, n. 61, p. 42-43, out, 2004.

JAMENSON, Frederic. O Marxismo tardio: Adorno ou a persistência na dialética. Tradução de Luiz Paulo Rouanet. São Paulo: Unesp/Boitempo, 2011.

NOBRE, Marcos. Lukács e os limites da Reificação: um estudo sobre História e Consciência de Classe. São Paulo: Ed. 34, 2001.

RESENDE, Maria do Rosário Silva. Formação e Autonomia do Professor Universitário: um estudo na Universidade Federal de Goiás. São Paulo: Puc, 2005. Tese (Doutorado em Psicologia Social).

SAFATLE, Vladimir. Dar Corpo ao Impossível: o sentido da dialética a partir de Theodor Adorno. Belo Horizonte: Autêntica, 2019.

TÜRCKE, Christoph. Pronto-socorro para Adorno: fragmentos introdutórios à Dialética Negativa. In: ZUIN, Antônio A. S., PUCCI, Bruno & OLIVEIRA, Newton Ramos de. (orgs). Ensaios Frankfurtianos. São Paulo: Cortez, 2004.

WEBER, José Fernandes. Formação (Bildung), educação e experimentação em Nietzsche. Londrina: Eduel, 2011.

Downloads

Publicado

2021-11-13

Como Citar

GRISON, E. M. A Razão na posição de “Lobo em Pele de Cordeiro”: formação (Bildung), dialética e filosofia a partir de Theodor Adorno. Kalagatos , [S. l.], v. 18, n. 1, p. 100–120, 2021. Disponível em: https://revistas.uece.br/index.php/kalagatos/article/view/7144. Acesso em: 27 nov. 2021.

Edição

Seção

Artigos