Violência Nas Escolas:

é caso de polícia?

  • Natália Ross Nazaré Marques
  • Alexandre Gomes Galindo
Palavras-chave: violência escolar, policiamento escolar, políticas públicas

Resumo

A violência escolar tem se tornado um fenômeno constante e cada vez mais intenso nas rotinas das escolas. É um desafio social compreender a complexidade das suas manifestações e representações presentes nas escolas. Houve a intencionalidade de compreender por que educadores e gestores educacionais perdem o espaço no debate público sobre o tema, ganhando desta forma, espaço para atuação policial. O objeto está circunscrito à parceria Polícia e escola no combate a violência nas escolas da Zona Norte de Macapá. A demarcação temporal para essa pesquisa decorreu no levantamento de informações a respeito da relação polícia e escola nos anos de 2017 a 2019, para que assim possibilite à categorização das ações do Policiamento em decorrência as ações das unidades de ensino. O objetivo desse estudo foi investigar como essa parceria elucida soluções sobre atos de violência que afetem negativamente a escola e os meios a ela relacionados. As fontes da pesquisa foram: estudo bibliográfico, visita de campo, análise documental, observação, entrevistas e aplicação de questionários. A pesquisa mostrou que essa relação policia escola é necessária, porém deve haver uma presença maior dos demais setores que articulam ações nesse contexto para que cada caso seja abordado de forma sistêmica nas especificidades das atuações.

Publicado
2019-09-02
Seção
Artigos