Carta XVIII (12 de Dezembro de 1664)

Autores

  • Willen van Blijenbergh, (Autor) Corretor holandês de grãos e teólogo calvinista amador.
  • Emanuel Angelo da Rocha Fragoso, (Tradução e notas) Universidade Estadual do Ceará - UECE
  • Flora Bezerra da Rocha Fragoso, (Tradução e notas) Graduanda em Filosofia na Universidade Estadual do Ceará - UECE e Bolsista de Iniciação Científica PIBIC-CNPq

Palavras-chave:

Spinoza. Blijenbergh.

Resumo

A correspondência entre Blijenbergh e Spinoza compreende oito cartas, quatro de cada um, no período compreendido entre dezembro de 1664 e junho de 1665. As cartas foram escritas originalmente em holandês.

Nossa tradução foi feita a partir da versão inglesa de A. Wolf [W]*, cotejada termo a termo com a tradução francesa de Madeleine Francês [MF], com a tradução espanhola de Atilano Dominguez [AD], com a também versão espanhola de Florencio Noceti e Natascha Dockens [FN] e com o original holandês e a versão latina (versio) de Carl Gebhardt [CG], que apresenta a versio e o original holandês na mesma página. Nas cartas enviadas por Blijenbergh, na parte de cima da página está o original em holandês e na parte de baixo, a versio. Para as cartas enviadas por Spinoza, ele inverte: em cima a versio e embaixo o original holandês. As páginas são numeradas como 79 (parte de cima) e 79b (parte de baixo). 

* The Correspondence of Spinoza. Translated and edited with introduction and annotations by A. Wolf. New York: Lincoln Mac Veagh, The Dial Press, 1927. Letter XVIII, p. 141-145.

Biografia do Autor

Willen van Blijenbergh, (Autor), Corretor holandês de grãos e teólogo calvinista amador.

Willen van Blijenbergh (1632-1696) foi um corretor holandês de grãos e teólogo calvinista amador.

Emanuel Angelo da Rocha Fragoso, (Tradução e notas), Universidade Estadual do Ceará - UECE

Graduado em Filosofia pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro - UERJ (1987), mestre e doutor em Filosofia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFRJ (1994 e 2002). Pós-Doutor pela Universidade de São Paulo - USP (2012-2013). Admitido por concurso público no ano de 2003 como professor-adjunto da Universidade Estadual do Ceará - UECE, na área de Ética e Filosofia Social e Política, atualmente é professor associado e ministra a disciplina de Ética II na Graduação em Filosofia. Atualmente é editor da Coleção Argentum Nostrum, sendo responsável pela publicação dos livros selecionados pelo Conselho Editorial da Coleção. Colabora como Membro do Conselho Editorial da EdUECE – Editora da Universidade Estadual do Ceará. Também colabora como Membro do Conselho Editorial dos seguintes periódicos: Prometeus – Filosofia em Revista (ISSN 2176-5960), Cadernos Sartre - Revista do Grupo de Estudos Sartre - G.E.S. (ISSN 1983-6473), Polymátheia - Revista dos Discentes em Pós-Graduação em Filosofia da UECE (ISSN 1808-804X), Kalagatos - Revista de Filosofia (ISSN 1984-9206 - versão eletrônica), Occursus - Revista de Filosofia (ISSN 2526-3676), Occursus – Revista de Filosofia (ISSN 2526 3676) e da Revista Conatus - Filosofia de Spinoza (ISSN 1981-7509 - versão eletrônica), vinculado ao GT Benedictus de Spinoza do qual é também o coordenador. É também o editor científico da Revista Kalagatos, editor da Revista Conatus e da Occursus - Revista de Filosofia (ISSN 2526 3676). Atualmente coordena e atua em dois Projetos de Pesquisa: A Fundamentação Política em Benedictus de Spinoza e A Questão da Liberdade na Ética de Benedictus de Spinoza - ambos inscritos no Diretório de Pesquisas do CNPq. Atua em Filosofia, em geral, e mais especificamente em Filosofia Moderna e Renascimento, com ênfase na História da Filosofia, na Ética, na Metafísica e na Filosofia Social e Política dos períodos. Atualmente pesquisa em Estudos do Gênero e Política relacionados à Filosofia de Benedictus de Spinoza. Traduziu do francês, do espanhol, do inglês, do holandês e do latim textos de/e sobre Benedictus de Spinoza. Traduziu do holandês o Breve Compêndio (Korte Schetz) de Johannes Monnikhoff, que serviu de introdução ao texto de Spinoza intitulado Breve Tratado (Korte Verhandeling), que também foi traduzido juntamente com Luis César Guimarães Oliva. Também têm textos publicados em periódicos especializados no Brasil e no exterior (Argentina, Colômbia, México, Portugal e Estados Unidos) e orienta alunos de graduação, de pós-graduação e de iniciação científica em trabalhos acadêmicos e de pesquisa nos seguintes autores: Benedictus de Spinoza, René Descartes, Nicolau Maquiavel, Giordano Bruno e Jean-Jacques Rousseau.

Arquivos adicionais

Publicado

2009-02-03

Como Citar

Blijenbergh, W. van, Fragoso, E. A. da R., & Fragoso, F. B. da R. (2009). Carta XVIII (12 de Dezembro de 1664). Revista Conatus - Filosofia De Spinoza (ISSN 1981-7509), 4(8), 99–102. Recuperado de https://revistas.uece.br/index.php/conatus/article/view/4752

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 3 > >>