Espinosa e o uso reservado da admiração na gênese das afecções

Autores

  • Sérgio Luís Persch Professor de filosofia UFPB – Membro do GT Benedictus de Spinoza

Palavras-chave:

Espinosa. Descartes. Paixões. Afecções. Admiração.

Resumo

Fazemos um breve confronto entre Descartes e Espinosa, no que diz respeito ao lugar que cada um reserva à admiração, aquele nas Paixões da alma e este na parte III da Ética. No final verificaremos que a admiração, para Espinosa, deixa de ocupar a posição privilegiada de propulsora do conhecimento.

 

Abstract

We make a brief confrontation between Descartes and Spinoza, respect at the place that each one reserve to admiration, one in the passions of the soul and the other in Ethics part III. Finally we will verify that, for Spinoza, admiration leaves to occupy the privileged position as propeller of knowledge.

Key-words: Spinoza. Descartes. Passions. Afections. Admiration.

Arquivos adicionais

Publicado

2008-09-02

Como Citar

Persch, S. L. (2008). Espinosa e o uso reservado da admiração na gênese das afecções. Revista Conatus - Filosofia De Spinoza (ISSN 1981-7509), 2(3), 83–89. Recuperado de https://revistas.uece.br/index.php/conatus/article/view/1782