Determinações entre desejo e cultura na filosofia de Spinoza

Autores

  • Daniel Santos da Silva Doutorando em Filosofia USP

Palavras-chave:

Desejo. Cultura. Spinoza. Imaginação. Determinação.

Resumo

De maneira alguma é possível separar, em uma análise profunda, o desejo humano da criação cultural, já que o homem é quem produz a cultura e o homem, em Spinoza, é desejo. Nós tentamos, pois, fazer a relação, na filosofia de Spinoza, entre o desejo e a cultura, sua mútua determinação e a verdadeira importância da imaginação para a formação das expressões culturais.

 

Résumé

Il n’est pas possible de séparer, dans une analyse profonde, le désir humain de la création culturelle, puisque l’homme est celui qui produit la culture et l’homme, chez Spinoza, est désir. Nous essayons donc de faire la relation, dans la philosophie de Spinoza, entre le désir et la culture, leur détérmination mutuelle et la vrai importance de l’imagination pour former des expressions culturelles.

Mot-clés: Désir. Culture. Spinoza. Imagination. Détérmination.

Arquivos adicionais

Publicado

2008-09-02

Como Citar

Silva, D. S. da. (2008). Determinações entre desejo e cultura na filosofia de Spinoza. Revista Conatus - Filosofia De Spinoza (ISSN 1981-7509), 2(3), 21–26. Recuperado de https://revistas.uece.br/index.php/conatus/article/view/1772