SOCIABILIDADES EM CORRESPONDÊNCIAS

A ESCRITA EPISTOLAR COMO ESPAÇO DE SOCIABILIDADE – O ACERVO DE RAIMUNDO NONATO

Autores

  • Hélia Costa Morais UERN
  • João Maurício Gomes Neto UNIR

Palavras-chave:

Sociabilidades, Correspondências, Cultura Letrada, Raimundo Nonato

Resumo

O presente artigo tem por objetivo investigar parte dos registros epistolares enviados ao intelectual Raimundo Nonato, entre os anos de 1972 a 1981, entendendo essa troca de correspondências como uma prática social e cultural integrante de redes de sociabilidades, as quais se utilizavam da cultura escrita para produzir e divulgar representações de si e do outro, concernentes ao percurso, a trajetória de vida dos chamados homens de letras da região oeste potiguar, envoltos neste pacto epistolar. Busca-se, portanto, investigar e compreender como os hábitos de correspondências se articulavam a um universo amplo de práticas culturais dos sujeitos imersos nessas relações. Por isso, no decorrer deste artigo, tentar-se-á mapear as materialidades do escrito, os lugares e maneiras desses registros epistolares e parte das leituras possíveis de serem realizadas em torno dos mesmos, de forma a atentar para os discursos, práticas e representações comuns a estas correspondências. Ao levar a cabo um estudo das redes de construção de sentido à cultura letrada envoltas nesse pacto epistolar, entende-se contribuir para o debate historiográfico que tem buscado problematizar as redes de sociabilidades entre intelectuais.

Biografia do Autor

Hélia Costa Morais, UERN

Graduada em História pela Universidade do Estado do Rio Grande do Norte/UERN. E-mail: helinhamorais@live.com

João Maurício Gomes Neto, UNIR

Mestre em História pelo Programa de Pós-Graduação em História da Universidade Federal do Rio Grande do Norte/PPGH-UFRN e professor da Universidade Federal de Rondônia/UNIR. E-mail: joao.mauricio@unir.br

Publicado

2022-01-12

Como Citar

MORAIS, H. C. .; GOMES NETO, . J. M. . SOCIABILIDADES EM CORRESPONDÊNCIAS: A ESCRITA EPISTOLAR COMO ESPAÇO DE SOCIABILIDADE – O ACERVO DE RAIMUNDO NONATO. Revista de História Bilros: História(s), Sociedade(s) e Cultura(s), [S. l.], v. 3, n. 04, 2022. Disponível em: https://revistas.uece.br/index.php/bilros/article/view/7649. Acesso em: 1 jul. 2022.

Edição

Seção

ARTIGOS