Resenha do livro O Movimento Negro educador:

saberes construídos nas lutas por emancipação

  • Maria Alda de Sousa Alves Doutora em Sociologia - UFC e Professora Adjunta do Curso de Licenciatura em Sociologia - UNILAB
  • Michely Peres de Andrade Doutora em Sociologia - UFPE e Professora Adjunta do Curso de Ciências Sociais - UECE
  • Anderson Souza Oliveira Mestrando do Programa de Pós-Graduação em Sociologia - UECE
Palavras-chave: Movimento Negro, Raça, Pedagogias, Sociologia educacional

Resumo

Neste livro a autora apresenta o Movimento Negro Brasileiro como um ator político e educador, produtor de saberes emancipatórios e sistematizador de conhecimentos acerca da questão racial no Brasil. Tais saberes, ao transformarem-se em reivindicações, tornaram-se importantes políticas de Estado no século XXI. Trata-se, assim, de um movimento social de suma importância para o desvelamento de questões como  discriminação racial, gênero, juventude, ações afirmativas, africanidades, educação das relações étnico-raciais, dentre tantas outras. Nilma Gomes enfatiza a riqueza epistemológica deste movimento na perspectiva da educação, privilegiando como aporte teórico as contribuições de Boaventura de Sousa na ressignificação de conceitos como pedagogias das ausências e das emergências.

Publicado
2019-04-22
Como Citar
Alves, M. A., Andrade, M., & Oliveira, A. (2019). Resenha do livro O Movimento Negro educador:. Conhecer: Debate Entre O Público E O Privado, 9(22), 202-207. https://doi.org/10.32335/2238-0426.2019.9.22.1018
Seção
Resenhas