A sociedade brasileira e a sociologia entre dois vírus letais

Autores

Resumo

O Brasil enfrenta hoje a pandemia da covid 19, com um governo negacionista que faz com que não haja políticas publicas nacionais de combate ao vírus. O presidente da republica faz questão de aparecer em público em aglomerações dizendo que é uma gripezinha ou algo sem importância, mesmo com parte da sua equipe tendo pego o vírus e o país ter um número de mortes crescente. Ao lado dele, um ministro da economia com uma proposta de um neoliberalismo que não deu certo em lugar nenhum enfatizando que importa mais preservar economia do que a vida. Juntos, defendem o fim de qualquer isolamento social, na contramão das orientações da Organização Mundial de Saúde e ignoram a experiência de outros países no combate a pandemia.

Biografia do Autor

Jacob Carlos Lima, Universidade Federal de São Carlos-UFSCar

É graduado em Sociologia e Política pela Escola de Sociologia e Política de São Paulo (1979), Mestre em Ciências Sociais( Sociologia) pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1983), Doutor em em Sociologia pela Universidade de São Paulo (1992), com Pós-doutorado no Department of Urban Studies and Development do Massachusetts Institute of Technology (EUA-2001). Foi professor da Universidade Federal da Paraíba(1982-2004), e atualmente é Professor Titular no Departamento de Sociologia da Universidade Federal de São Carlos. Foi Coordenador da Área de Sociologia na CAPES (2011-2014) e coordenou o Comitê de Assessoramento da área de Ciências Sociais-Sociologia do CNPq no período 2016-2019. Foi eleito presidente da Sociedade Brasileira de Sociologia, para o período 2019-2021. Atua em pesquisas nas áreas de Sociologia , Sociologia do Trabalho e Sociologia Econômica, destacando-se as seguintes temáticas: formação, institucionalização e mercado de trabalho em Sociologia; reestruturação produtiva, reespacialização da produção; trabalho flexível; trabalho informal; empreendedorismo; redes sociais e mercados de trabalho urbanos; sociologia e trabalho digital; cooperativas de trabalho e economia solidária; culturas do trabalho e mobilidades .

Emil Albert Sobottka, PUCRS

Possui mestrado em Sociologia pela Ufrgs (1992), mestrado em Ciencias de la Religión pela Universidad Autónoma de Heredia (Una-SBL, 1986) e doutorado em Sociologia e Ciência Política na área de cooperação internacional não governamental pela Univ. de Muenster (1997). Fez estágios de pós-doutorado com Claus Offe (Univ. Humboldt, 2004-2005), com Hauke Brunkhorst (Univ. Flensburg, 2007-2009) e Axel Honneth (Univ. Frankfurt, 2012). Foi professor visitante nas Universidades de Kassel (2003) e de Göttingen (2017-2018) na Alemanha, na Udelar (2014, 2020) no Uruguai, colaborador da Universidade de Milão e membro do Qualis Periódicos e Qualis Livros – Sociologia (Capes), Coordenador do Comitê Assessor Ciências Humanas da Fapergs, Secretário Geral da SBS (2013-2017). É professor na Pucrs deste 1997, pesquisador do CNPq, membro de ISA, Alas, SBS, ABCP, Lasa, ASA e tesoureiro da SBS (2019-2021). Foi bolsista Humboldt. Idealizador e editor do periódico Civitas: Revista de Ciências Sociais (2001-2019). Pesquisa direitos de cidadania, movimentos sociais, democracia, políticas públicas, participação política e organizações e tem interesse em teoria social.

Downloads

Publicado

2020-12-30