Teresa Cristina

a “rainha das lives” e o mistério do samba 2.0

Autores

DOI:

https://doi.org/10.52521/19.4261

Resumo

Esse artigo busca refletir sobre as transmissões diárias ao vivo, as lives, da cantora e compositora carioca Teresa Cristina. Negra, com mais de 50 anos e ligada ao universo do samba, ela foi eleita a “Rainha das lives” durante a quarentena, nos colocando em contato com os novos aspectos relacionados à criação cultural no espaço público que emergiu com as redes sociais e deixando delineadas características sobre a consagração artística. A live é também uma estratégia de escoamento da produção artística nesse momento histórico da pandemia causada pelo coronavírus.

Downloads

Publicado

— Atualizado em 2021-04-30