Os universitários viajantes

suas práticas e sociabilidades

Autores

  • Isaurora Cláudia Martins de Freitas
  • José Ricardo Marques Braga

Palavras-chave:

Jovens, Universitários viajantes, Práticas, Sociabilidades, Mobilidade

Resumo

O artigo identifica e analisa, por meio de uma abordagem qualitativa, as práticas e as sociabilidades que tomam lugar no interior dos ônibus universitários da região norte do Ceará. Jovens de mais de cinquenta municípios circunvizinhos a Sobral que almejam o acesso ao ensino superior nesta cidade se deslocam diariamente de seus municípios de origem em ônibus fretados ou cedidos pelas prefeituras municipais. As viagens diárias, que chegam a durar até cinco horas (ida e volta), fazem com que o ônibus se torne um meio social onde diversas práticas e formas de sociabilidade florescem. No trajeto, os estudantes inventam formas de passar o tempo e criam modos de organização para melhor conduzir a convivência que dura o tempo do curso superior que frequentam. Partindo de um diálogo teórico com Augé, Certeau, Simmel, entre outros autores, percebemos que os “usos” que os jovens fazem dos ônibus fazem com estes deixem de ser apenas um meio de transporte e se transformem em “espaço” repleto de práticas e astúcias através das quais os jovens tecem no cotidiano um modo muito peculiar de ser universitário. 

Downloads

Publicado

2020-01-28