Políticas de Tecnologias da Informação e da Comunicação e democracia no Ceará

  • Gabrielle Dannunzio Cavalcanti Moreira
  • Alexandre Almeida Barbalho
Palavras-chave: tecnologias da informação e comunicação, política púbica, democracia, ceará

Resumo

Este artigo analisa as Políticas de Tecnologias da Informação e Comunicação (TICs) implementas pelo governo do Ceará nas gestões de Cid Gomes (2007-2010; 2011-2014) e Camilo Santana (2015-2018) objetivando avaliar até que ponto estas políticas foram pensadas como ferramentas de fortalecimento da democracia. Optou-se por fazer uma análise documental, tanto interna, que procura extrair as linhas fundamentais e secundárias dos documentos, quanto externa, contextualizando-os dentro da lógica política que lhes originou. Concluiu-se que houve alguns ganhos democráticos, mas aqueles voltados à eficiência administrativa foram de fato o principal foco da política de TICs.

Referências

ADORNO, T.; HORKHEIMER, M. Sociológica. Madri: Taurus, 1986.

AVRITZER, Leonardo; SANTOS, Boaventura de Sousa. Para ampliar o cânone democrático.

In Santos, Boaventura de Sousa (org). Democratizar a Democracia: os caminhos da democracia participativa. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, p. 39-82, 2002.

BARBALHO, Alexandre. Os modernos e os tradicionais: cultura política no Ceará contemporâneo. Estudos de Sociologia, v. 12, n. 22, p. 27-42, 2007.

______.; DO VALE, Carolina; CORDEIRO, Marília. A Cultura na Plataforma On-Line Dialoga Brasil. Pensamento & Realidade. Revista do Programa de Estudos Pós-Graduados em Administração-FEA. ISSN 2237-4418, v. 30, n. 4, p. 16, 2017. Disponível em: <https://revistas.pucsp.br/index.php/pensamentorealidade/article/view/33938/24801>

. Acesso em: 30 jan. 2018.

BOBBIO, Norberto. O Futuro da Democracia. 14a Edição, São Paulo: Paz e Terra, 2017.

BRITO, Cléa Sabino de Matos. Análise de continuidade orçamentária no Estado do Ceará no período de 2004 a 2012: estudo de caso da mudança de governo Lúcio Alcântara para o de Cid Gomes. 2015. 80f. Dissertação (mestrado profissional) - Universidade Federal do Ceará, Programa de Pós Graduação em Economia, CAEN, Fortaleza-Ce, 2015.

CEARÁ. DESENVOLVIMENTO JUSTO E SOLIDÁRIO: “NOVO JEITO DE FAZER”. Plano Plurianual 2008 – 2011, Vol. I. Fortaleza: Governo do Estado do Ceará - Secretaria de Planejamento e Gestão, 2007a.

______. Mensagem à Assembléia Legislativa 2008. Fortaleza: Governo do Estado do Ceará - Secretaria de Planejamento e Gestão, 2008.

______. Mensagem à Assembleia Legislativa 2009. Fortaleza: Governo do Estado do Ceará - Secretaria de Planejamento e Gestão, 2009.

______. DESENVOLVIMENTO JUSTO E SOLIDÁRIO: “NOVO JEITO DE FAZER”. Plano Plurianual 2012 – 2015, Vol. I. Fortaleza: Governo do Estado do Ceará - Secretaria de Planejamento e Gestão, 2011b.

______. DECRETO Nº 30.939/2012, de 10 de julho de 2012. Dispõe sobre a operacionalização do Portal da Transparência do poder executivo estadual e dá outras providências. Diário Oficial do Estado do Ceará, Fortaleza, CE, nº 132, Série 3, ANO IV, 2012.

______. Mensagem à Assembleia Legislativa 2013. Fortaleza: Governo do Estado do Ceará - Secretaria de Planejamento e Gestão, 2013.

______. Mensagem à Assembleia Legislativa 2015. Fortaleza: Governo do Estado do Ceará - Secretaria de Planejamento e Gestão, 2015a.

______. Mensagem à Assembleia Legislativa 2016. Fortaleza: Governo do Estado do Ceará - Secretaria de Planejamento e Gestão, 2016.

______. Mensagem à Assembleia Legislativa 2017. Fortaleza: Governo do Estado do Ceará - Secretaria de Planejamento e Gestão, 2017a.

______. Plano Plurianual 2016 – 2019: LEI DE REVISÃO 2018-2019 - Lei nº 16.450, 14 de dezembro de 2017, Vol. I. Fortaleza: Governo do Estado do Ceará - Secretaria de Planejamento e Gestão, 2017b.

______. Projeto Participação Cidadã: Produto 3 – Modelo de Gestão Participativa no Planejamento e Monitoramento das Políticas, Planos e Projetos do Governo do Estado do Ceará. Fortaleza: Governo do Estado do Ceará, 2017c.

______. Mensagem à Assembleia Legislativa 2018. Fortaleza: Governo do Estado do Ceará - Secretaria de Planejamento e Gestão, 2018.

______. Mensagem à Assembleia Legislativa 2019. Fortaleza: Governo do Estado do Ceará - Secretaria de Planejamento e Gestão, 2019.

COLEMAN, S.; SPILLER, Josephine. Exploring new media effects on representativedemocracy. The journal of legislative studies, v. 9, n. 3, p. 1-16, 2003.

CUNHA, B. S. B. Poder e consentimento: Formação e manutenção da base de sustentação do governo Cid Gomes (2007-2010). 2012. 89 f. Monografia (Graduação em Ciências Sociais)- Departamento de Ciências Sociais, Centro de Humanidades, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2012.

DINIZ, Vagner. A história do uso da tecnologia da informação na gestão pública brasileira através do CONIP - Congresso de Informática Pública. In: Congreso internacional delclad sobre la reforma del estado y de la administración pública. p. 10, 2005. Disponível em: <http://siare.clad.org/fulltext/0052732.pdf> Acesso em: 09 set. 2017.

DUVERGER, Maurice. Ciência Política. Teoria e método. Rio de Janeiro: Zahar, 1962.

GONDIM, Linda. Clientelismo e modernidade nas políticas públicas: os “Governos das Mudanças” no Ceará (1987- 1994). Ijuí: Unijuí, 1998.

GOMES, C. F., PINHEIRO, F. Diretrizes para o Plano De Governo – Da Coligação, Ceará Vota Para Crescer. 2007. Disponível em: <http://www2.seplag.ce.gov.br/content/aplicacao/SEAD/seplan/downloads/DIRETRIZE

S_PARA_O_PLANO_DE_GOVERNO.pdf>. Acesso em: 24 set. 2017.

GOMES, Wilson. Uma agenda de pesquisa sobre Democracia Digital. IVJornadas de Comunicação e Democracia entre grupos de pesquisa daUFBA eUFMG, BeloHorizonte: UFMG, 2007.

______. Participação Política Online: Questões e hipóteses de trabalho. In: Internet e Participação Política no Brasil. (org) MAIA, Rousiley; GOMES, Wilson, Porto Alegre, Editora Sulinas, p. 19-46, 2011.

MAIA, Rousiley C. M.; GOMES, W; MARQUES, F.P.J.A.(org). Internet e Participação Política no Brasil. Porto Alegre: Sulina, 2011.

MAIA, J. N. B; BOTELHO, D. C. Gestão Governamental no Ceará, 1979-2014: da Crise de 1986 ao Ajuste Fiscal e Reforma do Estado. Fortaleza: Expressão Gráfica e Editora, 2017.

MARQUES, Francisco Paulo Jamil Almeida. Dimensões da ciberdemocracia - conceitos e experiências fundamentais. 2004. 201p. Dissertação de mestrado (Programa de PósGraduação em Comunicação e Cultura Contemporâneas) – Faculdade de Comunicação, Universidade Federal da Bahia, Salvador. Disponível em:

<https://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/11302?mode=full&submit_simple=Mostrar+re

gistro+completo+do+item>. Acesso em: 12 abr. 2017.

______. Participação política e Internet: Meios e oportunidades digitais de participação civil na democracia contemporânea, com um estudo do caso do estado brasileiro, 2008. 498p. Tese (Doutorado em Comunicação e Cultura Contemporâneas) – Faculdade de Comunicação, Universidade Federal da Bahia, Salvador. Disponível em: <http://www.repositorio.ufc.br/bitstream/riufc/671/1/2008_tese_%20fpjamarques.pdf >. Acesso em: 12 abr. 2017.

MEDEIROS, P. H. Governo eletrônico no Brasil: aspectos institucionais e reflexos na governança. Dissertação (Mestrado em Administração) — Universidade de Brasília (UnB), Brasília, 2004.

MELO, Rogério Mourão. O controle dos recursos públicos pela controladoria do poder executivo do estado do Ceará: as ações da controladoria e ouvidoria geral do estado do Ceará no período de 2006 a 2010. (Dissertação). Mestrado Profissional em Planejamento e Políticas Públicas, Universidade Estadual do Ceará. Fortaleza, 2012.

MONTE, Cleyton. As estratégias eleitorais dos Ferreira Gomes e os alinhamentos na política cearense contemporânea (2006-2014). Conexão Política, Teresina v. 6, n. 2, 97 – 119, jul./dez. 2017

MONTE, Francisca Silvania de Sousa. Os paradigmas da modernização do estado do Ceará e o processo de construção da Barragem do Castanhão. Revista Brasileira de Estudos Urbanos e Regionais, [S.l.], v. 10, n. 1, p. 87, maio 2008. Disponível em: <http://rbeur.anpur.org.br/rbeur/article/view/193>. Acesso em: 06 abr. 2018.

NOBRE, Maria CQ. Modernização do atraso: a hegemonia burguesa do CIC e as alianças eleitorais da “Era Tasso”. Tese de Doutorado. Tese (Doutorado em Sociologia)-Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2008.

PARENTE, J., ARRUDA, J. M. (orgs.). A era Jereissati. Modernidade e mito. Fortaleza, Demócrito Rocha, 2002.

PRADO, Otávio; RIBEIRO, Manuella Maia; DINIZ, Eduardo. Governo eletrônico e transparência: olhar crítico sobre os portais do governo federal brasileiro. Estado, sociedade e interações digitais: expectativas democráticas, p. 13-39, 2012.

REINHARD, Nicolau; DIAS, Isabel de Meiroz. Categorization of e-gov initiatives: a comparison of three perspectives. 2005. Disponível em: <https://cladista.clad.org/bitstream/handle/123456789/3631/0052733.pdf?sequence=1&isAllowed=y >. Acesso em: 04 nov. 2017.

SANTANA, Eudoro et al. Os 7 Cearás: Propostas para o Plano de Governo, Fortaleza, 2014.

SILVA, Alex Barros da. Inclusão digital e inovação social: o caso do cinturão digital do Ceará. Monografia (Bacharelado em Administração Pública) - Instituto Universidade Virtual, Universidade Federal do Ceará, Tauá, 2014.

SOUZA, Ramon Jorge de et al. Avaliação da Qualidade das Informações disponibilizadas no Portal da Transparência do Estado do Ceará. Encontros Bibli: revista eletrônica de biblioteconomia e ciência da informação, Florianópolis, v. 24, n. 54, p. 91-104, jan. 2019. Disponível em: <https://periodicos.ufsc.br/index.php/eb/article/view/1518-2924.2019v24n54p91/38075>. Acesso em: 30 mar. 2020.

Publicado
2020-01-06
Como Citar
Moreira, G. D., & Barbalho, A. (2020). Políticas de Tecnologias da Informação e da Comunicação e democracia no Ceará. Inovação & Tecnologia Social, 1(3), 5-18. https://doi.org/10.47455/2675-0090.2019.1.3.3862
Seção
Artigos