A Pessoa com Deficiência no Estado do Amapá:

políticas públicas para o trabalho

  • Dilma Terezinha da Silva Barreto
  • Emanuel Freitas da Silva

Resumo

O presente estudo enfatiza a importância da inserção da pessoa com deficiência no mundo do trabalho, fazendo uma trajetória das fases e paradigmas dentro de uma contextualização histórica do processo de inclusão profissional no Estado do Amapá. Esses momentos da história foram denominados como fase da exclusão, segregação, integração e inclusão, de acordo com trabalho em cada período a pessoa com deficiência realizava ou não uma função laboral e remunerada, esse fato ocorria em consonância com os conceitos e valores que a sociedade lhe atribuía. O objetivo para o desenvolvimento deste estudo foi analisar o processo de inclusão no mundo do trabalho das pessoas com deficiência, através de pesquisa bibliográfica, com analises do sistema histórico de emprego no Estado e de documentos como:  leis, decretos, portarias e normas, como também programas e projetos implementados nos sistemas sociais referentes ao acesso e a permanência dessa parte da sociedade nos postos de trabalho nos setores públicos enfatizando a Secretaria de Trabalho, emprego e Empreendedorismo do Amapá (SETE-AP), e pesquisa de campo com entrevista semiestruturada. Os sujeitos da pesquisa foram 16 pessoas, sendo dez do sexo masculino e seis do sexo feminino, entre cursistas e profissionais atuantes na SETE. Esta pesquisa pontuou aspectos pertinentes e de extrema importância para a acessibilidade e cidadania da pessoa com deficiência, mostrando ações afirmativas e consistentes com novos valores de empoderamento, vida independente e autonomia.

Publicado
2019-09-02
Seção
Artigos