Política Pública de Inclusão:

o caso da escola de ensino fundamental inclusiva hildemar maia no município de macapá/ap

  • Nelcira Costa da Silva
  • Maria Helena de Paula Frota
Palavras-chave: deficiência intelectual, políticas públicas educacionais, ensino fundamental

Resumo

Esse estudo teve como escopo pesquisar como estão estruturadas e como estão funcionando as políticas  municipais de inclusão de alunos com deficiência intelectual na Escola Regular de Ensino Fundamental Inclusiva Hildemar Maia, no municipio de Macapá. O marco temporal escolhido foi a partir da década de 90, momento de debate da educação inclusiva no contexto do documento das Nações Unidas denominado de Declaração de Salamanca. Foram realizadas entrevistas com 05 cinco professoras da Escola regular de ensino fundamental inclusiva Hildemar Maia no município de Macapá, uma (1) coordenadora pedagógica e também foram realizadas observações na sala de aula da professora do ensino fundamental, bem como entrevista com o gestor da Divisão de Educação Especial da Secretaria Municipal de Educação- SEMED. As entrevistas e a observações foram realizadas com base nos conceitos apresentados pela fundamentação teórica por meio da coleta de informações. Os resultados demonstraram que as professoras interagem continuamente uma com a outra verificando a preocupação em compreender a importância de práticas pedagógicas acessíveis para a inclusão qualitativa dos alunos com deficiência intelectual, mas as políticas estabelecidas pela Diretriz Municipal de Educação Especial não se efetivam em sua integralidade, principalmente nas questões relativas à estrutura física e a formação de professores por tipologia das deficiências.

Publicado
2019-10-01
Como Citar
Silva, N., & Frota, M. (2019). Política Pública de Inclusão:. Inovação & Tecnologia Social, 1(2), 5-24. https://doi.org/10.47455/2675-0090.2019.1.2.2043
Seção
Artigos