A escrita de si em Por onde andou meu coração, de Maria Helena Cardoso

Autores

Palavras-chave:

Maria Helena Cardoso, Memórias, Pacto autobiográfico, Mulher

Resumo

Publicado em 1967, Por onde andou meu coração é o primeiro livro de Maria Helena Cardoso (1903-1994), em que a autora resgata pela memória o seu passado, de onde se destacam a sua infância, a força e o trabalho das mulheres da família, os costumes das pequenas cidades, as viagens de mudança, as vivências de amor, amizade e morte, além de alguns períodos da história política do Brasil e do mundo. Este estudo pretende analisar a construção da obra como uma escrita de si, que ocupa um espaço híbrido entre a Literatura e a autobiografia, considerando especialmente as figuras femininas como personagens emblemáticas compostas do ponto de vista da narradora. Com base em conceitos fundamentais do gênero memorialístico, como o de pacto autobiográfico proposto por Lejeune (2008), e na concepção de Benjamin (2012) sobre o narrador primordial, são examinados alguns aspectos temáticos e formais responsáveis pela confluência entre vida e ficção, que fazem deste livro uma das grandes realizações do memorialismo brasileiro.

Referências

AYALA, Walmir. A história desse livro começa numa remota tarde de 1960, no Jardim Botânico. In: CARDOSO, Maria Helena. Por onde andou meu coração. 2. ed. rev. Rio de Janeiro: José Olympio, 1968.

BENJAMIN, Walter. O narrador. Considerações sobre a obra de Nicolai Leskov. In: Magia e técnica, arte e política: ensaios sobre literatura e história da cultura. Trad. de Sérgio Paulo Rouanet. 8. ed. rev. São Paulo: Brasiliense, 2012. (Obras Escolhidas v. 1)

CARDOSO, Maria Helena. Por onde andou meu coração. 2. ed. rev. Rio de Janeiro: José Olympio, 1968.

LEJEUNE, Philippe. O pacto autobiográfico: de Rousseau à internet. Organização de Jovita Maria Gerheim Noronha. Trad. de Jovita Maria Gerheim Noronha e Maria Inês Coimbra Guedes. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2008.

LIMA, Denise Noronha. Memória, História e Arte em Por onde andou meu coração. Dissertação de Mestrado em Letras, Programa de Pós-Graduação em Letras, Centro de Humanidades, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2002.

MEIRELES, Cecília. Viagem. In: Obra poética. Rio de Janeiro: Nova Aguilar, 1983.

ZAGURY, Eliane. A escrita do eu. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira; Brasília: INL, 1982.

Downloads

Publicado

2023-12-08

Como Citar

LIMA, D. N. A escrita de si em Por onde andou meu coração, de Maria Helena Cardoso. CENTÚRIAS - Revista Eletrônica de História, Limoeiro do Norte, v. 1, n. 3, p. 4–17, 2023. Disponível em: https://revistas.uece.br/index.php/centurias/article/view/11357. Acesso em: 12 jul. 2024.