A Gripe Espanhola no Ceará (1918-1920)

Autores

  • Luana Kelly Mendonça Galvão Silva Universidade Estadual do Ceará - UECE/FAFIDAM

Palavras-chave:

Gripe Espanhola, Pandemia, Assistência Pública, Ceará

Resumo

O objeto deste artigo é analisar a ocorrência da Gripe Espanhola no Estado do Ceará, entre os anos de 1918 e 1920. Para isso, me utilizei de fontes bibliográficas, jornais da época e relatórios do governo do Ceará, a partir das quais busquei responder as seguintes questões problemas: como os periódicos cearenses abordavam a gripe espanhola? Quais foram as medidas de assistência pública tomadas pelas autoridades cearenses para debelar o avanço da doença? Como resultado das análises empreendidas, destaco o descaso governamental como um forte aliado do vírus e a utilização da doença como um objeto de disputa por poder.

Referências

“A GRIPE”. A Lucta, Sobral, 13 ago. 1919. p.2. Disponível em: http://bndigital.bn.gov.br Acesso em: 26 nov. 2022.

“A INFLUENZA ESPANHOLA”. Folha do Littoral, Camocim, 27 out. 1918. p.2. Disponível em: http://bndigital.bn.gov.br Acesso em: 10 nov. 2022.

“A PESTE”. A Lucta, Sobral, 5 fev. 1919. p.1. Disponível em: http://bndigital.bn.gov.br Acesso em: 14 nov. 2022.

“A Porta está aberta: As sentinellas dormem”. Gazeta do Cariry, Crato, 24 nov. 1918. p.1. Disponível em: http://bndigital.bn.gov.br Acesso em: 20 nov. 2022.

“A secca”. A Lucta, Sobral, 20 ago. 1919. p.1. Disponível em: http://bndigital.bn.gov.br Acesso em: 14 nov. 2022.

ARARIPE, Luís de Alencar. “Primeira Guerra Mundial”. In: MAGNOLI, Demétrio. História das Guerras. São Paulo: Contexto, 2013. p. 342-343.

BERTUCCI-MARTINS, Liane Maria. “Conselhos ao povo”: educação contra a influenza de 1918. CADERNOS CEDES. Campinas, v. 23, n. 59, p.103-117, abr. 2003. Disponível em: https://www.nescon.medicina.ufmg.br/biblioteca/registro/_Conselhos_ao_povo___educacao_contra_a_influenza_de_1918_1/291 Acesso em: 24 mai. 2021.

BRITO, N. A. de: ‘La dansarina: a gripe espanhola e o cotidiano na cidade do Rio de Janeiro’. História, Ciências, Saúde— Manguinhos, IV (1):11-30 mar.-jun. 1997.

BURIGANA, R. A Grande Guerra: a Primeira Guerra Mundial (1914-2014), Evento e Memória. HISTÓRIA UNICAP, [S. l.], v. 1, n. 1, p. p. 41–55, 2014. DOI: 10.25247/hu.2014.v1n1.pp. 41-55. Disponível em: https://www1.unicap.br/ojs/index.php/historia/article/view/435. Acesso em: 15 mai. 2022.

COSTA, Ligia Maria Cantarino; MERCHAN-HAMANN, Edgar. “Pandemias de influenza e a estrutura sanitária brasileira: breve histórico e caracterização dos cenários”. Revista Pan-Amazônica de Saúde, v.7 n.1, 2016. Disponível em: http://scielo.iec.gov.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S2176-62232016000100002 Acesso em: 26 mai. 2021.

“Delegacia Federal de Saneamento”. A ORDEM, Sobral, 29 ago. 1919. Disponível em: http://bndigital.bn.gov.br Acesso em: 19 nov. 2022.

GURGEL, Cristina Brandt. “1918: A gripe espanhola desvendada?”. Revista da Sociedade Brasileira de Clínica Médica, v.11 n.4, 2013, p. 380-385. Disponível em: http://www.sbcm.org.br/ojs3/index.php/rsbcm/article/view/28 Acesso: 29 jan. 2021.

JACINTO, F. C. “ESTABELECIMENTOS DE SAÚDE NA FORTALEZA PROVINCIAL: UMA IMPLANTAÇÃO LENTA E DESCONTÃNUA (1840-1860).” Revista História & Perspectivas, v. 25, n. 47, 24 jan. 2013.

LIMA, F. A. A. Família Cearenses. A Gripe Espanhola no Ceará. 1918/2018. Fortaleza, 30 de setembro de 2018. Disponível em: https://www.familiascearenses.com.br/index.php/2-uncategorised/58-a-gripe-espanhola-no-ceara-1918-2018. Acesso em: 20 nov. 2022.

LIMA, F. W. R. CARLOS CÂMARA E A ALVORADA DO TEATRO NACIONAL: TRADIÇÃO, MODERNIDADE, CULTURA, HISTÓRIA E MEMÓRIA; O CEARÁ CONTADO, RECONTADO E CANTADO EM A BAILARINA E O CASAMENTO DA PERALDIANA. Inventário, [S. l.], n. 22, p. 99–118, 2018. Disponível em: https://periodicos.ufba.br/index.php/inventario/article/view/23371. Acesso em: 22 out. 2022.

LIMA, J. L. F. O enfermo e o mártir: imprensa, história e memória a partir das trajetórias dos jornalistas Vicente Loyola e Deolindo Barreto Lima – Sobral, 1907-1924. In: XII Semana de História da FECLESC, 2016, Quixadá. Anais da XII Semana de História da FECLESC, 2016.

NASCIMENTO, D. R. A Doença como Objeto da História. In.: As Pestes do século XX: tuberculose e Aids no Brasil, uma história comparada [online]. Rio de Janeiro: Editora FIOCRUZ, 2005, pp. 25- 44. História e saúde collection. ISBN: 978-65-5708-114-3.

PINHO, M. D. F. M.; ALEXANDRE, J. F. “EM TODA PARTE SÓ SE OUVIA FALAR EM MORTE”: a gripe espanhola no Cariri (1918-1919). Outros Tempos: Pesquisa em Foco - História, [S. l.], v. 18, n. 31, p. 249–273, 2021. DOI: 10.18817/ot.v18i31.831. Disponível em: https://www.outrostempos.uema.br/index.php/outros_tempos_uema/article/view/831 Acesso em: 24 abr. 2021.

PINTO, J. C. A. Camocim Pote de Histórias. Gripe Espanhola Mata em Camocim. Amélia Veras. 31 de março de 2020. Disponível em: http://camocimpotedehistorias.blogspot.com/2020/03/gripe-espanhola-mata-em-camocim-amelia.html. Acesso em: 14 nov. 2022.

PIRES, Livia. “A LIGA BRASILEIRA PELOS ALIADOS E A FORMAÇÃO DA IDENTIDADE NACIONAL BRASILEIRA: ideias e tensões nos anos da primeira guerra mundial (1914-1919).” Ars Histórica [online], 8. 1 (2014): sem paginação Web. 16 mai. 2022.

“Posto Sanitario”. Folha do Littoral, Camocim, 16 de mar. 1919. Disponível em: http://bndigital.bn.gov.br Acesso em: 22 nov. 2022.

SANTOS, A. A. dos. “Sobre a Participação do Brasil na Primeira Guerra Mundial (Resenha do livro de Carlos Daróz).” Revista do IHGSP – p. 214-225, 2016.

SCHWARCZ, Lilia Moritz; STARLING, Heloisa Murgel. A bailarina da morte: a gripe espanhola no Brasil. São Paulo: Companhia das Letras, 2020.

SILVA, João Tomé de Saboya. Relatórios Presidenciais Provinciais: Ceará. Governador do Estado do Ceará. 1 de julho de 1919, p.29-32. Disponível em: http://memoria.bn.br/ Acesso em: 20 mai. 2021.

SILVEIRA, Anny Jackeline Torres. “A medicina e a influenza espanhola de 1918”. TEMPO. Rio de Janeiro, v. 19, p.91-105, 2005. Disponível em: https://www.nescon.medicina.ufmg.br/biblioteca/registro/referencia/0000000687 Acesso em: 21 mai. 2021.

“SONETO”. A NOTA, Fortaleza, 16 mar. 1919. Disponível em: http://bndigital.bn.gov.br Acesso em: 25 nov. 2022.

SOUZA, Christiane Maria. “A gripe espanhola na Bahia de Todos os Santos: entre os ritos da ciência e os da fé”. Dynamis, vol.30, 2010. Disponível em: https://scielo.isciii.es/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0211-95362010000100002 Acesso em: 22 mai. 2021.

Downloads

Publicado

2023-12-08

Como Citar

SILVA, L. K. M. G. A Gripe Espanhola no Ceará (1918-1920). CENTÚRIAS - Revista Eletrônica de História, Limoeiro do Norte, v. 1, n. 3, p. 165–181, 2023. Disponível em: https://revistas.uece.br/index.php/centurias/article/view/11018. Acesso em: 13 jul. 2024.