SEMEANDO SABERES ANCESTRAIS: UMA LEITURA GEOGRÁFICA SOBRE O PAPEL DA CULTURA NA ESCOLA DIFERENCIADA DE EDUCAÇÃO INFANTIL E ENSINO FUNDAMENTAL ABÁ TAPEBA (CAUCAIA – CE)

Autores

  • Vitória Alves Lima Universidade Estadual do Ceará

Palavras-chave:

Cultura, Educação diferenciada, povo Tapeba.

Resumo

No estado do Ceará, é reconhecida a existência de povos tradicionais, como povos indígenas e quilombolas, que possuem particularidades culturais. Em meio a essas singularidades, destaca-se perante as demais etnias indígenas do estado, o povo indígena da Tapeba, habitantes do município de Caucaia (CE) localizado na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF). Além de possuírem expressivo contingente populacional, os Tapeba foram precursores no desenvolvimento do movimento de educação diferenciada no estado do Ceará, possuindo atualmente, 14 escolas diferenciadas. A educação diferenciada surgiu como resposta às frequentes situações de preconceito para com as crianças indígenas, e tem como objetivo promover uma integração entre a cultura e os conteúdos ofertados nas disciplinas. Dessa forma, definiu-se enquanto objetivo da pesquisa, entender qual o papel que a cultura desempenha no ensino diferenciado indígena, e para alcançar o objetivo proposto, foram definidos três procedimentos metodológicos, levantamento bibliográfico, levantamento estatístico e realização de entrevistas. Foram identificados na escola a presença de professores com graduação intercultural, decoração com elementos da cultura indígena, disciplinas diferenciadas, projetos culturais mensais, e eventos em parceria com as demais escolas do município.

Downloads

Publicado

2021-06-15

Como Citar

Alves Lima, V. (2021). SEMEANDO SABERES ANCESTRAIS: UMA LEITURA GEOGRÁFICA SOBRE O PAPEL DA CULTURA NA ESCOLA DIFERENCIADA DE EDUCAÇÃO INFANTIL E ENSINO FUNDAMENTAL ABÁ TAPEBA (CAUCAIA – CE). CADERNOS DE ENSINO, CIÊNCIAS &Amp; TECNOLOGIA, 2(4), 100–114. Recuperado de https://revistas.uece.br/index.php/CCiT/article/view/4734