CRIPTOCOCOSE RESPIRATÓRIA E CUTÂNEA EM GATO DE VIDA LIVRE DA CIDADE DE SOBRAL/CE

Autores

Palavras-chave:

Zoonose, Criptococose meníngea, Cryptococcus neoformans, Felinos, Fungos

Resumo

A criptococose é uma doença infecciosa sistêmica de origem fúngica, causada pelas espécies: Cryptococcus neoformans e Cryptococcus gattii. É considerada uma micose oportunista capaz de infectar mamíferos domésticos, animais silvestres e seres humanos, sendo classificada como uma doença zoonótica. Esse patógeno é encontrado principalmente em ambientes contaminados por fezes de pombos (Columba livia), que atuam como importantes fontes de infecção do fungo. De acordo com sua disseminação para os tecidos do organismo, a doença pode causar diferentes síndromes tanto em seres humanos como em animais síndrome respiratória, síndrome neurológica, síndrome ocular e síndrome cutânea. O diagnóstico pode ser realizado através da pesquisa de antígeno polissacarídeo circulante no soro ou líquor, por meio da prova de látex. Testes imunoenzimáticos (ELISA) também podem ser realizados para detecção de antígenos dessa levedura. Exame citológico, histopatológico e cultura fúngica para a identificação do agente tornam o diagnóstico da criptococose mais fácil. O tratamento é baseado no uso de antifúngicos e sua escolha é realizada através da avaliação dos sinais clínicos observados. Diante do exposto, o objetivo deste trabalho é relatar um caso de criptococose respiratória e cutânea em felino doméstico de vida livre da cidade de Sobral/CE.

Referências

ACHESON, E.S.; GALANIS, E.; BARTLETT, K.; MARK, S.; KLINKERBERG, B. Searching for clues for eighteen years: Deciphering the ecological determinants of Cryptococcus gattii on Vancouver Island, British Columbia. Medical Mycology, v.56, n.2, p.129-144, 2018.

BRANDÃO, M.L; REIS, P.R.M.; ARAÚJO, L.A.; ARAÚJO, A.C.V.; SANTOS, M.H.A.S.; MIGUEL, M.P. Evaluation of wound healing treated with latex derived from rubber trees and Aloe vera extract in rats. Acta Cirúrgica Brasileira, v.31, n.9, p.570-577, 2016.

CASTRO, R.S.; DA FONSECA, G.L.; Papaína: Efetividade na cicatrização de úlcera cutânea-Relato de caso. Revista de Saúde, v.8, n.1, p.129-137, 2017.

FIRACATIVE, C.; LIZARAZO, J.; INAIT-ZARAGOZÍ, M.T.; CASTAÑEDA, E. The status of cryptococcosis in Latin America. Memórias do Instituto Oswaldo Cruz, v.113, n.7, p.1-23, 2018.

CLIMENI, B.S.O.; DELLALIBERA, F.L; MONTEIRO, M.V; BAZAN, C.T.; Cefalosporinas: sua origem, uso e função em animais de grande e pequeno porte. Revista Cientifica Electronica de Medicina Veterinária, v.7, n.12, p.1-8, 2009.

FIRACATIVE, C.; MEYER, W.; CASTAÑEDA, E. Cryptococcus neoformans and Cryptococcus gattii Species Complexes in Latin America: A Map of Molecular Types, Genotypic Diversity, and Antifungal Susceptibility as Reported by the Latin American Cryptococcal Study Group. Journal of Fungi (Basel, Switzerland), v.7, n.4, p.282-303, 2021.

FRANCO, D.Q.S.; OLIVEIRA, G.B.M.; LUIZ, A.C.S.; BESSA, L.; REIS, P.S.B.; PULZ, L.H. Pneumonia e leptomeningite criptocócica em felino: relato de caso. Revista de Educação Continuada em Medicina Veterinária e Zootecnia do CRMV/SP, v.17, n.2, p.14-22, 2019.

GEORGE, I.A.; SPEC, A.; POWDERLY, W.G.; SANTOS, C.A. Comparative Epidemiology and Outcomes of Human Immunodeficiency Virus (HIV), non-HIV non-transplant, and solid organ transplant associated cryptococcosis: A population based study. Clinical Infectious Diseases, v.66, n.4, p.608-611, 2018.

KATZUNG, B.G.; TREVOR, A.J. Farmacologia Básica e Clínica. 15. ed., McGraw Hill Brasil, 2017.

MÉNDEZ-TOVAR, L.J.; MEJÍA-MERCADO, J.A.; MANZANO-GAYOSSO, P.; HERNÁNDEZ-HERNÁNDEZ, F.; LÓPEZ-MARTÍNEZ, R.; SILVA-GONZÁLEZ, L. Frecuencia de micosis invasivas en un hospital mexicano de alta especialidad. Experiencia de 21 años. Revista de Enfermería del Instituto Mexicano del Seguro Social, v.54, n.5, p.581-587, 2016.

MORALES-LÓPEZ, S.; GUILLERMO, G. Infections due to Rare Cryptococcus Species. A Literature Review. Journal of Fungi (Basel, Switzerland), v.7, n.4, p.279-298, 2021.

MOURAD, A.; PERFECT, J.R. Present and Future Therapy of Cryptococcus Infections. Journal of Fungi (Basel, Switzerland), v.4, n.3, p.79-88, 2018.

MÜLLER, M.; NISHIZAWA, M. A criptococose e sua importância na Medicina Veterinária. Revista de Educação Continuada em Medicina Veterinária e Zootecnia do CRMV/SP, v.15, n.1, p.24-29, 2017.

NELSON, R.W.; COUTO, C.G. Medicina interna de pequenos animais. 5. ed., Rio de janeiro: Elsevier, 2015.

NOBRE, M.O.N.; NASCENTE, P.S.; MEIRELES, M.C.; FERREIRO, L. Drogas antifúngicas para pequenos e grandes animais. Ciência Rural, v.32, n.1, p.175-184, 2002.

PENNISI, M.G.; HARTMANN, K.; LLORET, A.; FERRER, L.; ADDIE, D.; BELÁK, S.; BOUCRAUT-BARALON, C.; EGBERINK, H.; FRYMUS, T.; GRUFFYDD-JONES, T.; HOSIE, M.J.; LUTZ, H.; MARSILIO, F.; MOSTL, K.; RADFORD, A..; THIRY, E.; TRUYEN, U.; HORZINEK, M.C. Cryptococcosis in cats: ABCD guidelines on prevention and management. Journal of Feline Medicine and Surgery, v.15, n.7, p.611–618, 2013.

PIMENTA, P.; ALVES-PIMENTA, S.; BARROS, J.; PEREIRA, J.; MALTEZ, M.J.; MADURO, P.; CARDOSO, L.; COELHO, A.C. Blepharitis due to Cryptococcus neoformans in a cat from northen Portugal. Journal of Feline Medicine and Surgery Open Reports, v.1, n.2, p.1-4, 2015.

REIS, P.S.B.; FRANCO, D.Q.S.; SOUSA, H.R.; TORRES, M.L.M. Leptomeningite e pneumonia por Cryptococcus spp. Em felino: relato de caso. Revista Científica Multidisciplinar Núcleo do Conhecimento, v.1, n.1, p.49-60, 2019.

RODRIGUES, T.O.; GODOY, J.R.; MALANDRIM, P.; SOSSAI, V.; SOUZA, M.T. Criptococose em felino: relato de caso. Revista de Medicina Veterinária & Zootecnia, v.18, n.3, p.12-18, 2020.

RONDELLI, M.C.H.; NOGUEIRA, A.F.S.; ANAI, L.A.; GAVA, F.N.; BORIN, S.; ONDANI, A.C.; CAMPOS-FILHO, E.; TINUCCI-COSTA, M.; SANTANA, A.E. Criptococose diagnosticada por imprints de lesões em mucosa oral em cão. Arquivo Brasileiro de Medicina Veterinária e Zootecnia, v.62, n.5, p.1271-1274, 2010.

SEYEDMOUSAVI, S.; BOSCO, S.; DE HOOG, S.; EBEL, F.; ELAD, D.; GOMES, R.R.; JACOBSEN, I.D.; JENSEN, H.E.; MARTEL, A.; MIGNON, B.; PASMANS, F.; PIECKOVÁ, E.; RODRIGUES, A.M.; SINGH, K.; VICENTE, V.A.; WIBBELT, G.; WIEDERHOLD, N.P.; GUILLOT, J. Fungal infections in animals: a patchwork of different situations. Medical Mycology, v.56, n.8, p.65–187, 2018.

SERAFINA, B.M. Esporotricose em cão–relato de caso. 2019. 35p. Trabalho de Conclusão de Curso - Universidade Federal de Santa Catarina, 2019.

Downloads

Publicado

2023-04-11

Como Citar

VENUTO, A. M.; MOUTA, A. N.; HONORATO, R. dos A.; FONSÊCA, A. D. V.; CAVALCANTE, F. R. A.; MAGALHÃES, L. C.; MELO, C. H. S. de. CRIPTOCOCOSE RESPIRATÓRIA E CUTÂNEA EM GATO DE VIDA LIVRE DA CIDADE DE SOBRAL/CE. Ciência Animal, [S. l.], v. 33, n. 1, p. 152–160, 2023. Disponível em: https://revistas.uece.br/index.php/cienciaanimal/article/view/10498. Acesso em: 24 jul. 2024.

Edição

Seção

Relato de Caso