TAXA DE RECUPERAÇÃO EMBRIONÁRIA EM ÉGUAS MANGALARGA MARCHADOR INSEMINADAS COM SÊMEN REFRIGERADO

Autores

Palavras-chave:

Estação de monta, Útero, Manejo reprodutivo, Reprodução equina, Transferência de embriões

Resumo

O acompanhamento reprodutivo da espécie equina tem sido cada vez mais aplicado na aplicade de diversos países, resultando em melhores índices reprodutivos para a espécie e em animais de linhagens selecionadas. Nos programas de transferência de embrião, a taxa de recuperação embrionária consiste em um parâmetro essencial a fim de verificar o sucesso da técnica. Por conseguinte, este trabalho propõe-se a avaliar as taxas de recuperação embrionária de éguas doadoras submetidas à inseminação artificial com sêmen refrigerado de maneira a complementar os dados relacionados ao assunto. Conforme os dados coletados durante a estação de monta de agosto de 2018 a fevereiro de 2019, obteve-se 129 lavados uterinos provenientes de 20 éguas e 83 embriões recuperados. Desse modo, a taxa de recuperação embrionária obtida foi de 64,34%. Diante dos dados apresentados neste estudo, conclui-se que a aplicabilidade da técnica de recuperação embrionária visando o uso do sêmen refrigerado na inseminação artificial de éguas se mostra promissora, pois permite o transporte de material genético de alto valor entre propriedades sem interferir drasticamente nos índices dos programas de reprodução.

O acompanhamento reprodutivo da espécie equina tem sido cada vez mais aplicado na aplicade de diversos países, resultando em melhores índices reprodutivos para a espécie e em animais de linhagens selecionadas. Nos programas de transferência de embrião, a taxa de recuperação embrionária consiste em um parâmetro essencial a fim de verificar o sucesso da técnica. Por conseguinte, este trabalho propõe-se a avaliar as taxas de recuperação embrionária de éguas doadoras submetidas à inseminação artificial com sêmen refrigerado de maneira a complementar os dados relacionados ao assunto. Conforme os dados coletados durante a estação de monta de agosto de 2018 a fevereiro de 2019, obteve-se 129 lavados uterinos provenientes de 20 éguas e 83 embriões recuperados. Desse modo, a taxa de recuperação embrionária obtida foi de 64,34%. Diante dos dados apresentados neste estudo, conclui-se que a aplicabilidade da técnica de recuperação embrionária visando o uso do sêmen refrigerado na inseminação artificial de éguas se mostra promissora, pois permite o transporte de material genético de alto valor entre propriedades sem interferir drasticamente nos índices dos programas de reprodução.

Referências

ALVARENGA, M.A.; PAPA, F.O.; BURATINI; J.J. The effect of breed and spermatic parameters over equine semen freezability. In: Symposium on Stallion Semen, Amersfoort. Proceedings... Amesterfoort, SSS. p.82. 1996.

ALMEIDA, F.Q.; SILVA, V.P. Progresso científico em equideocultura na 1ª década do século XXI. Revista Brasileira de Zootecnia, v.39, supl. especial, p.119-129, 2010.

ALMEIDA, J.L. Efeito de Diferentes Concentrações de Plasma Seminal na Criopreservação do Sêmen Eqüino, 2006. 90p. (Dissertação de Mestrado em Ciências Agrárias). Universidade de Brasília, 2006.

ARRUDA, R.P.D.; VISINTIN, J. A.; FLEURY, J.J.; GARCIA, A.R..; MADUREIRA, E.H.; CELEGHINI, E.C.C.; NEVES NETO, J.R. Existem relações entre tamanho e morfoecogenicidade do corpo lúteo detectados pelo ultra-som e os teores de progesterona plasmática em receptoras de embriões equinos? Brazilian Journal of Veterinary Research and Animal Science, v.38, n.5, p.233-239, 2001.

CAMARGO, C.E.; WEISS, R.R.; KOZICKI, L.E.; DUARTE, M.P.; DUARTE, M.C.; BERTOL, M.A.F.; GAIEVSKI, F.R.; BASTOS, G.M. Aspectos relacionados com a recuperação embrionária em éguas da raça brasileiro de hipismo, utilizadas em programa comercial de transferência de embrião. Veterinária e Zootecnia, v.20, n.1, p.74-83, 2013.

CBRA. Colégio Brasileiro de Reprodução Animal. Manual para exame andrológico e avaliação de sêmen animal. 3. ed. Belo Horizonte, 2013.

FERREIRA, H.N. Efeito da exposição aos crioprotetores glicerol e metilformamida sobre a viabilidade e fertilidade do sêmen equino, 2008. 66p. (Dissertação de Mestrado em Medicina Veterinária). Programa de mestrado em medicina veterinária, Universidade Estadual Paulista, 2008.

FLEURY, P.D.C.; ALONSO, M.A.; SOUSA, F.A.C.D.; ANDRADE, A.F.C.D.; ARRUDA, R.P.D. Uso da gonadotrofina coriônica humana (hCG) visando melhorar as características reprodutivas e fertilidade de receptoras de embriões equinos. Revista Brasileira de Reprodução Animal, v31, n1, p27-31, 2007.

FLEURY, J.J.; PINTO, A.J.; MARQUES, A.; LIMA, C.G.; ARRUDA, R.P.D. Fatores que afetam a recuperação embrionária e os índices de prenhez após transferência transcervical em equinos da raça Mangalarga. Braz. Brazilian Journal of Veterinary Research and Animal Science, v.38, n.1, p.29-33, 2001.

FÜRST, R. Efeito de diferentes tempos de equilíbrio, taxas de congelamento e concentrações espermáticas na fertilidade do sêmen equino, 2006. 114p. (Tese de Doutorado em Zootecnia). Programa de Pós-Graduação em Zootecnia, Universidade Federal de Viçosa, 2006.

GOMES, G M; GOMES, L.P.M. Fatores que influenciam a produção de embriões em éguas doadoras. Acta Scientiae Veterinariae, v.36, Supl. 2, p.199-206, 2008.

GOMES, M.L.P.; GAVIOLI, D.; JACOB, J.F.; CRESPILHO, A.M.; CARDOSO, C.E.; GOMES, G.M. Taxa de gestação de embriões equinos mantidos em dois meios comerciais diferentes de manutenção pós-transferência de embriões. Revista Saúde, v.5, n.1/2, p.23-27, 2014.

GOMES, R.G.; DA SILVA, C.B.; BARREIRO, T.R.R.; SENEDA, M.M. Taxa de recuperação embrionária em éguas submetidas à caminhada com útero repleto de Ringer Lactato. Revista Acadêmica Ciência Animal, v.12, n.2, p.121-126, 2014.

GORETTI, R.G.; ARAÚJO, R.R.; ROCHA FILHO, A.N.; ARAÚJO, G.H.M.; LOPES, E.P.; GUIMARÃES, J.D. Effects of timing of induced luteolysis in embryo donor mares on reproductive performance and pregnancy rate in recipient mares. Theriogenology, v.75, n.6, p.1170-1174, 2011.

JACOB, J.C.F.; GUERSON, Y.B.; FERRAZ, P.J. Como melhorar os índices reprodutivos em um programa de transferência de embrião equino. Revista Brasileira de Reprodução Animal, v.43, n.2, p.222-228, 2019.

LIRA, R.A; PEIXOTO, G.C.X; SILVA, A.R. Transferência de embrião em equinos: revisão. Acta Veterinária Brasílica, v.3, n.4, p.132-140, 2009.

LOSINNO, L.; AVARENGA, M.A. Fatores críticos em programas de transferência de embriões em equinos no Brasil e Argentina. Acta Scientiae Veterinariae, v.34, suppl. 1, p.39-49, 2006.

MAPA. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Revisão do complexo do agronegócio do cavalo: Disponível em: https://www.gov.br/agricultura/pt-br/assuntos/ -setoriais-tematicas/documentos/camaras-setoriais/equideocultura/anos-anteriores/revisao-do-estudo-do-complexo-do-agronegocio-do-cavalo. Acesso em: 14 fev. 2023.

MCCUE, P.M. Transferência de embriões em equinos: recuperação do embrião. Revista de Educação Continuada em Medicina Veterinária e Zootecnia do CRMV-SP, v.9, n.3, p.94-98, 2011.

MOREIRA, J.C.G.A. Inseminação artificial em éguas: estudo da utilização de uma dose reduzida de sémen congelado em diferentes locais de deposição, 2010. 65p. (Dissertação de Mestrado em Medicina Veterinária). Universidade de Lisboa, Portugal, 2010.

OLIVEIRA, R.A.; RUBIN, M.I.B.; SILVA, C.A.M. Índice de prenhez com sêmen congelado de garanhões da raça crioula usando glicerol ou dimetilformamida como crioprotetores. Ciência Animal Brasileira, v.14, n.4, p.488-494, 2013.

PASTORELLO, M.; MEIRA, C.; FLEURY, J.J.; DUARTE, M.C.G. Transferência não cirúrgica de embriões em éguas de hipismo. Arquivos da Faculdade de Veterinária da UFRGS, Porto Alegre, v.24, supl., p.212, 1996. (Resumo)

RAZ, T.; CARLEY, S.D.; GREEN, J.M.; CARD, C.E. Evaluation of two oestrus synchronization regimens in eFSH-treated donor mares. The Veterinary Journal, v.188, n.1, p.105-109, 2011.

RIERA, F.L. Equine embryo transfer. In: SAMPER, J.C. Equine breeding and management and artificial insemination. Saunders Company, 2. ed. Pennsylvania, 2009. p.185-199.

RODRIGUES, P.G.; RAYMUNDO, C.D.M.; SOUZA, J.C.D.; MIRANDA, M.C.M.G.; REZENDE, A.S.C.D. Gordura corporal e eficiência reprodutiva em éguas doadoras de embrião Mangalarga Marchador. Ciência e Agrotecnologia, v.35, n.5, p.1002-1008, 2011.

SILVA, C.H; GRUBITS, S. Discussão sobre o efeito positivo da equoterapia em crianças cegas. Psic: Revista da Vetor Editora, v.5, n.2, p.6-13, 2004.

SOUSA, J.C.L.T.P. Influência da Raça, Altura do Ano, Idade e Ovário Ovulatório Sobre a Taxa de Gestação em Éguas Inseminadas com Sémen Refrigerado, 2013. 57p. (Dissertação de Mestrado em Medicina Veterinária). Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias, Lisboa, 2013.

SQUIRES, E.L.; MCCLAIN, M.G.; GINTHER, O. J.; MCKINNON, A.O. Spontaneous multiple ovulation in the mare and its effect on the incidence of twin embryo collections. Theriogenology, v.28, n.5, p.609-613, 1987.

SQUIRES, E.L.; MCCUE, P.M.; VANDERWALL, D. The current status of equine embryo transfer. Theriogenology, v.51, n.1, p.91-104, 1999.

VARELA BETTENCOURT, E.M.; ANTUNES, L.; GONÇALVES, A.R.; BRANCO, S.; ROCHA, A. Reprodução em equinos: Manual Prático. 1. ed. Évora: Universidade de Évora, 2018.

Downloads

Publicado

2023-04-11

Como Citar

MOREIRA, M. J.; CANIATTO, V.; COSTA, T. B.; FERRARINI, G. M.; DEPE, E.; GONÇALVES, G. R. TAXA DE RECUPERAÇÃO EMBRIONÁRIA EM ÉGUAS MANGALARGA MARCHADOR INSEMINADAS COM SÊMEN REFRIGERADO. Ciência Animal, [S. l.], v. 33, n. 1, p. 99–106, 2023. Disponível em: https://revistas.uece.br/index.php/cienciaanimal/article/view/10492. Acesso em: 24 jul. 2024.

Edição

Seção

Artigos Originais