Degradação das terras indígenas dos Tapebas e a resistência cultural

  • Ana Beatriz Menezes Viana Universidade Estadual do Ceará
  • Maria Lúcia Brito da Cruz Universidade Estadual do Ceará
  • Antônia Elisângela Ximenes Aguiar Universidade Estadual do Ceará
Palavras-chave: Território, Cultura, Infraestrutura, Modificação da paisagem, Reeducação ambiental

Resumo

O trabalho tem como objetivo apresentar uma análise espaço-temporal do processo de modificação da paisagem devido à ocupação das terras indígenas dos Tapebas por não-índios. Para o alcance dos resultados foram utilizadas técnicas de geoprocessamento e sensoriamento remoto que, com o auxílio das imagens de satélite entre os anos de 2009 e 2017, se constatou inúmeras interferências nessa área com ênfase as construções de casas no local e da duplicação da BR-020 e degradação ambiental. Além de destacar a importância da educação ambiental nas escolas.
Publicado
2019-01-30
Como Citar
Viana, A. B., Brito da Cruz, M. L., & Ximenes Aguiar, A. E. (2019). Degradação das terras indígenas dos Tapebas e a resistência cultural. CADERNO DE CIÊNCIAS & TECNOLOGIA DA UECE, 1(Especial), 83-101. Recuperado de https://revistas.uece.br/index.php/CCiT/article/view/790