A UTILIZAÇÃO DO GEOPROCESSAMENTO NA ANÁLISE ESPAÇO-TEMPORAL DA ATIVIDADE DE MINERAÇÃO NA SERRA DE MARANGUAPE-CE.

  • Daniel Paulo Braga UECE
Palavras-chave: Impactos Ambientais e Sociais, Degradação, Limitações e Potencialidades

Resumo

O referido trabalho pauta-se na análise espaço-temporal da atividade de mineração através da técnica de geoprocessamento na identificação das alterações paisagísticas, assim como, no tocante a expansão dessa atividade na serra de Maranguape-CE. Diante isso, utilizou-se a teoria geossistêmica para compreensão dos elementos da paisagem (bióticos e abióticos) de maneira integrada e a teoria Ecodinâmica a fim de salientar as limitações e potencialidades em face das atividades socioeconômicas da área. Soma-se a isso, dentre os procedimentos operacionais consta o trabalho de campo e a utilização de geotecnologias para a geração do material cartográfico correspondente a área de mineração e sua consequente expansão. Logo, os resultados demonstram a ratificação de mudanças na paisagem, as consequências dessa atividade advindas para a população do entorno, por fim, foram aferidas a expansão da área de lavra nas cotas mais altas da serra quanto nas proximidades da área urbana.
Publicado
2019-01-30
Como Citar
Braga, D. (2019). A UTILIZAÇÃO DO GEOPROCESSAMENTO NA ANÁLISE ESPAÇO-TEMPORAL DA ATIVIDADE DE MINERAÇÃO NA SERRA DE MARANGUAPE-CE. CADERNO DE CIÊNCIAS & TECNOLOGIA DA UECE, 1(Especial), 43-56. Recuperado de https://revistas.uece.br/index.php/CCiT/article/view/781